21 abril 2009

Valdir Appel

Crédito: www.miltonneves.blogspot.com

Valdir Appel foi goleiro do Vasco da Gama entre 1966 e 1973 e estava na reserva de Andrada quando do milésimo gol de Pelé, atualmente mora em Brusque (SC), onde nasceu e atua como empresário e vice-presidente do time da cidade. Iniciou carreira no Paysandú, de Brusque, profissionalizando-se em 1963. Emprestado ao América do Rio, em 1965, teve seu passe adquirido em 1966 pelo Clube de Regatas Vasco da Gama. Por lá ficou até 1973 e foi bi-campeão de aspirantes (1966-67) e campeão carioca (1970).

Vestiu outras camisas: Clube Atlético Carlos Renaux (Brusque), Palmeiras (Blumenau, SC), Sport Club do Recife (PE), Campo Grande Atlético Clube, Volta Redonda e Bonsucesso (RJ), América de Natal e Alecrim (RN), Ceub (DF), Goiânia, Atlético de Goiás e Rio Verde (GO) - este último no fim da carreira, em 1982.
O loiro Valdir Appel acabou sendo considerado um goleiro sem sorte, porque em um jogo do Vasco da Gama contra o Bangu, válido pelo campeonato carioca, acabou marcando um gol contra. Ele tentou lançar a bola com as mãos, mas acabou fazendo o movimento errado e a jogou para dentro das próprias redes.

Nascido em 1° de maio de 1946, Valdir é casado com Rosélis Appel e tem um casal de filhos: Isadora e Eduardo. Hoje ele é supervisor-geral de vendas em Santa Catarina da multinacional Swedish Match do Brasil S/A, empresa que comercializa os fósforos Fiat lux e os isqueiros Cricket.

Colunista esportivo

Valdir enveredou-se também pelo caminho do colunismo esportivo, possuindo colunas no jornal "O Município", de sua cidade, Brusque, e na revista do www.futnet.com.br (Volta Redonda). Recentemente lançou o livro intitulado "Na Boca do Gol"!, onde conta os populares causos sobre jogadores das equipes que atuou, além de algumas de suas passagens quando estava pelos gramados. Além disso é dono do blog Na Boca do Gol (http://valdirappel.blogspot.com/) onde conta causos de sua carreira, principalmente no Vasco da Gama.

3 comentários:

  1. Jorge,
    Obrigado pela matéria no seu blog, obrigatório para os vascaínos.
    Abraço,
    Valdir

    ResponderExcluir
  2. Bom Post Jorge

    Bela história essa do Valdir

    ResponderExcluir
  3. Valeu pela visita Valdir e Carlos Junior.
    Escutei no Rádio este lance infeliz do Valdir no jogo contra o Bangu e depois que saiu do Vasco fez belas exibições por outros clubes.

    ResponderExcluir