30 julho 2011

Em entrevista à Rádio Manchete, José Henrique Coelho fala sobre sua candidatura no Vasco e faz críticas a atual diretoria e principalmente ao presidente Roberto Dinamite.


"Seu Carlos Roberto foi eleito por uma proposta apoiada pelo movimento de renovação do nosso clube, logo após a sua posse, ele abandonou as promessas de campanha e começou a seguir um caminho que muito mais me parece a carreira dele, de deputado e de movimento regrado a negócio com família, negócio com amigos, negócio de patota. Toda tese, ou seja, que nós criticamos a antiga diretoria em relação a maus negócios, de incompetência e falta de credibilidade, ele também acabou mascarando, se apoiando uma hora ou outra em alguns vascaínos pela paixão que nós todos temos pelo clube, que querem sempre ver o melhor do clube, mas o Roberto acabou se escondendo atrás dessas pessoas e fazendo negócios muitas vezes prejudiciais ao nosso clube, e por conta disso, parte desse grupo que o levou a presidência, se afastou da diretoria e criamos ai um movimento para tentar resgatar as promessas de campanha. E pra deixar esclarecido por isso, por que eu peço o voto a você vascaíno, à chapa Seremos Campeões. Todos nós sabemos que o Vasco talvez tenha hoje tem uma das torcidas mais bem informadas de todo o Brasil (...), temos um clube ainda desestruturado administrativamente, apesar do vice presidente de finanças emitir mais bem em relação a valores que ele diz ter pago, quero deixar claro aos vascaínos que o vice presidente de finanças mente descaradamente, porque em momento nenhum apresentou nenhuma prova financeira, seja internamente a diretoria, seja ao conselho fiscal, seja aos vascaínos, das dívidas que ele diz ter pago (...), até porque a dívida do Vasco cresceu em todo o mandato do Roberto, o escalado administrativo, ao contrario do que era prometido que se pensava fazer, uma reforma administrativa pra enxugar custos, teve como contrario, aumentando-se a folha administrativa, aumentou e fizeram péssimos negócios na área do futebol, causando novos prejuízos, que é fácil de se ver. Apesar de falar das ações pagas umas ou outras em acordos, acontece que novas ações foram surgindo ao longo de todo o trabalho dessa diretoria, tendo, por exemplo, o próprio programa de sócios, que ainda eu deixei contratado, depois de uma licitação com várias empresas, onde a atual empresa foi uma empresa derrotada no processo, o Vasco rompeu o contrato natural e deu um contrato de amigo pra uma empresa que custa dez vezes mais do que a que tinha vez na licitação. É um negócio inadmissível pra um clube que pretende ter um discurso de reforma administrativa.A desonestidade administrativa dessa diretoria fica clara em várias decisões que ficam publicas quando são apresentadas. A reforma administrativa tem que ser feita, cremos que deve haver um enxugamento do quadro administrativo, desde a diretoria até a área dos relacionais, e isso é importante pra que gere superávits vencendo déficits anuais para os 3 anos dessa gestão, de maneira que é o que justifica, o agravamento financeiro.Nós vimos ai alguns clubes brasileiros revelando valores, criando e construindo centros de treinamento mais modernos e continuamos engatinhando, estamos ai buscando apoio só via poder público, porque continuamos achando que o dinheiro vem do céu quando na verdade, ou o clube paga as dívidas de forma séria, com competência, seriedade, ou então vai continuar essa baderna que é a administração do seu Carlos Roberto. Desonestidade administrativa, que na verdade é imoralidade administrativa, que é de conhecimento público, é a marca principal do atual presidente. A nossa felicidade de vascaíno se deu esse ano, depois de muitos anos sem título, com a vitória da Copa do Brasil, e provavelmente, eu já ouvi de muitos vascaínos em conversa sobre isso, que só melhorou nossa situação, nossa alegria, foi esse ano ser um ano eleitoral, obrigou a diretoria a tomar uma atitude mais uma vez incidente, no sentido de desespero, de sair logo após aquele inicio do Carioca, contratando de qualquer maneira e buscando nomes que pudessem reforçar a equipe pra não passar vergonha nas eleições. Pra nossa sorte de torcedor, isso acabou dando certo e ai vieram Diego Souza, Bernardo, Alecsandro, fizeram a mudança do treinador e pra um clube que se diz profissional, não ter enxergado o problema lá atrás foi uma miopia, e ai eles expuseram ao pior inicio do Carioca de todos os tempos.Uma tragédia que possa nos custar alguns anos de atraso em relação a outros clubes brasileiros como Corinthians, Flamengo e São Paulo, que foi a péssima negociação realizada pelo nosso clube dentro da renovação dos contratos de direito de imagem, passamos hoje a estar no terceiro escalão de pagamento, e isso em volumes financeiros, superam mais de 20 milhões. A construção do centro de terapia é fundamental, e lembro do caso do centro de Maricá, provavelmente iremos enfrentar uma batalha jurídica enorme, porque a área que nos foi doada é uma área de beira de lagoa, mas na verdade isso vai passar por problemas sérios, até porque é impossível construir um parque esportivo do tamanho que é um centro de treinamento, com a autorização da Secretaria do Meio Ambiente e toda a regulamentação dessa área. Eu apresentei minha candidatura já no final do ano passado, em razão do meu ponto de vista, da discordância dos erros cometidos durante praticamente todo o mandato pelo atual presidente, o senhor Carlos Roberto."

Créditos: Thiago Veras/Rádio Manchete

Beijos, SV
Laís Eger'
@laiseger

Um comentário:

  1. There is SHOCKING news in the sports betting world.

    It's been said that every bettor must watch this,

    Watch this now or stop placing bets on sports...

    Sports Cash System - Advanced Sports Betting Software.

    ResponderExcluir