01 fevereiro 2009

JUNINHO, O ETERNO REI!

Pense num jogador bicampeão brasileiro, campeão da libertadores e da copa mercosul pelo Vasco. As lendas Romário, Dinamite e Edmundo ganharam apenas um brasileiro. Mauro Galvão participou de todas essas conquistas, mas foi reserva na mercosul e no brasileiro de 2000. Resta apenas Juninho Pernambucano.

Revelado no Sport, Juninho começou a escrever sua história no Vasco no dia 23 de julho de 1998. Nessa ocasião o Vasco perdia por 1 a 0 do River Plate no Monumental, quando Junihho entrou no lugar de Luizão, que estava muito gripado e pediu para sair. O reserva Gian, atacante, deu um tapa em seu ombro antes da substituição e disse: "Você vai lá e vai fazer o gol!".


E não deu outra. Aos 38 minutos do segundo tempo, havia uma grande expectativa por uma disputa por pênaltis. Foi quando o lateral Vágner tentou um jogada pelo meio e foi derrubado. Era uma chance de evitar o pior, o susto, a agonia da torcida vascaína. Em São Januário, o Vasco só tinha vencido por 1 a 0, gol de Donizete "o pantera". Era preciso mais um gol e o Vasco não encontrava o caminho. É aí que surge Juninho. Naquela noite ele se tornou Rei para a eternidade. E, quase da intermediária, cobrando uma falta, venceu o goleiro Bustos com um chute violento e colocou o Vasco na final da Taça Libertadores no ano de seu centenário.

O gol contra o River foi apenas um dos muitos que Juninho fez pelo Vasco, mas sem dúvida foi o gol mais importante da sua carreira e da história do clube.







Ao todo, Juninho disputou 294 partidas com o manto cruzmaltino. Fazendo um total de 54 gols.

No ano de 2000, Juninho foi muito importante para a equipe campeã da copa mercosul e do brasileiro. Era o jogador que se encarregava de ajudar na marcação nos momentos críticos dos jogos mais importantes.



Juninho deixou o Vasco em 2001 para jogar no Lyon e se tornar ídolo no clube francês. Para termos a idéia de quanto Juninho é importante para a história do Lyon, basta apenas dizer que o time francês antes de sua chegada não tinha nenhum título nacional, e hoje possui sete consecutivos.


Bom, não quero ser injusto com outros craques que passaram pelo Vascão e deram sua contribuição para a história do clube, mas para mim Juninho Pernambucano é o melhor jogador que vi atuar com a camisa do Vasco. Participou das maiores conquistas da história do clube. E, na final da mercosul, deu um demonstração de amor ao clube. Após a virada histórica contra o Palmeiras, Juninho virou para a torcida presente e bateu forte no peito, demonstrando todo o seu amora ao Vasco. Logo em seguida beijou a cruz de malta e se emocionou. Juro que me arrepiei vendo aquela cena.

É por essas e outras que, embora seja muito questionado por isso, volto a repetir: Juninho é o maior jogador que vi jogar com a camisa do Vasco. Ele é simplesmente o meu ídolo!




E para vocês? Ele significa a mesma coisa?

Saudações Vascaínas e Abraços


FONTES DE PESQUISA:

SÉRIE GRANDES CLUBE(2001) LANCE

MEU TIME DOS SONHOS (2006) PLACAR

31 comentários:

  1. é realmente um baita jogador, merecia mas oportunidades na seleção.

    ResponderExcluir
  2. hola acepto el intercambi delink yo ya te agrege agregame vos aora

    ResponderExcluir
  3. hahahahaha...o Junhi é bom ou era mas prefiro o Rogerio Ceni ahahahaha Hexaaaaaaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  4. Eu lembro do gol no river até hoje, e olha que eu era bem novo, me encantei naquele dia.
    Para mim é um dos maiores injustiçados da seleção justamente com o alex do meu verdão.

    Abraços!

    http://queroumtitulo.blogspot.com

    parcerias add: markit0w_rigotti@hotmail.com ^^

    ResponderExcluir
  5. Vc escreve bem sobre esporte. Deveria ser jornalista esportivo, mas daí teria que ter isenção para criticar o Vasco...

    ResponderExcluir
  6. Carlos,

    O Juninho é um daqueles "jogadores injustiçados" que marcam as páginas do futebol nacional.

    Digo isso, porque ele deveria ser convocado em 2002, no lugar de Juninho Paulista, que ao meu ver, não tem a visão de jogo e a aplicação tática de Pernambucano, e em 2006, quando este deveria ser titular absoluto daquela seleção fatídica.

    O ex-craque vascaíno demonstrou que era o melhor meio-campista dentre os convocados de Parreira e seu momento frente ao Lyon comprovava isso.

    Abraços.
    ___________________________________
    http://semfronteirasnaweb.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Você fez uma excelente matéria. Muito boa.
    .
    Não gosto de futebol e nem sei quem é esse rapaz, então, sei lá...
    .
    Grande abraço. Fique com Deus, na Paz.

    ResponderExcluir
  8. eu num entendo mt de futebol + é isso ai ele deve ser um otimo jogador de futebol e o post foi mt bem elaborado

    bjO

    ResponderExcluir
  9. O Junho foi muito importante para o Vasco.

    PS. Eu criei o meu blog em julho do ano passado. agora que ele está "andando com suas próprias pernas",pois não preciso usar o orkut para conseguir comentários em meu blog.
    Eu não faço nenhum tipo de parceria, caso você queira seguir meu blog fique a vontade, mas saiba que não irei seguir o seu.

    ResponderExcluir
  10. Realmente o cara é fera mesmo, uma pena não estar na seleção.

    Cara voce escreve muito bem, show demais o texto, parabens.

    http://blogdotel.lifespace.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Muito bom post cara,muito legal

    http://ownedando.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Não sou lá muito fã de futebol... hauahuha Bjocas

    ResponderExcluir
  13. coloquei vc como parceiro do meu blog...e naum vi meu blog como seu parceiro . .
    xD~
    enfim....abraços e espero q tu seja um vascaíno d palavra.....ótima semana
    e qualquer coisa visite o

    www.bagageirodocurioso.spaceblog.com.br

    ResponderExcluir
  14. Perdoe a ignorância. Mas sou um completo alienado do mundo futebolístico.

    Juninho...quem?

    rs

    ResponderExcluir
  15. Acho ele um belo jogador e....
    ele fez mto pelo vasco...
    mas acho que ele é 'PERNAMBUCANO'
    nao sei porqê..
    skaopsakspaoksaposk

    ResponderExcluir
  16. Visite o Meu vascaino :D

    www.doispetelecos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Simplismente: Juninho

    o cara é e sempre foi único!!!

    ResponderExcluir
  18. JP de longe é um dos melhores , se não o melhor que ja passou pelo vasco!

    otimo e completo jogador!

    daba orgulho de dizer que era Vascaino naquele tempo =|

    ResponderExcluir
  19. Um ídolo não é feito somente de títulos.

    Dinamite não ganhou tantos títulos quanto o Juninho, mas é o jogador que mais marcou gols com a camisa da cruz de malta.

    E o Edmundo nos deu um brasileiro de ponta a ponta em 97.

    Não tem como comparar ídolos e saber qual é maior que os outros. O importante é reconhecer o papel deles na história do Vasco.

    ResponderExcluir
  20. Parabens pelo exelente blog continue assim e mt sucesso

    ResponderExcluir
  21. eh evidente q o Dinamite eh o maior ídolo de todos!

    ResponderExcluir
  22. até hoje choro com esse gol.. eu tinha 12 anos, foi emocionante, a casa estremeceu no gol dele, eu e meu pai abraçados pulando..

    ResponderExcluir
  23. juninho simplesmente sensacional quem dera o vasco trouxesse ele de volta....

    ResponderExcluir