19 fevereiro 2011

Dinheiro pago = Craque importado

Saudações Vascaínas, amigos leitores!

Mais uma semana de treinos físicos com o elenco do Vasco, o técnico Ricardo Gomes realizando coletivos e testando formações, aguardando a regularização de Élton que só Deus sabe o porque de tanta demora na sua regularização, alías com essa diretoria isso se torna impressionante, todo jogador contratado demora pra ser regularizado não entendo o motivo disto apenas acontecer com a diretoria do Sr. Roberto. Mas voltando ao assunto, como estamos aguardando o início da Taça Rio, a semana foi meio entediada para nós vascaínos.

Então, estava durante a semana procurando notícias sobre nosso amado Vasco quando me deparo com a polêmica da suposta "venda" de Dedé para a Europa. Tenho que confessar que já estou de saco cheio desta especulação e agora quem resolveu se meter nesta história? Ele mesmo senhoras e senhores, Tôrico Miranda! Acho que ele não tem nada haver com isso e também não deve se meter em assuntos diretamente tratados com a diretoria de futebol, porém reconheço que até certo ponto o Tôrico esteja com a razão, apesar de sabermos que ele somente está fazendo esta crítica por fins políticos e não visando o bem da nossa instituição. Até Rodrigo Caetano já teve de admitir em público que somente há garantias da permanência de Dedé até junho.

Caso realmente Dedé seja vendido, será o sétimo jogador vendido durante a gestão de Dinamite. Pablo, Morais, Souza, Alan Kardec, Alex Teixeira e Philipe Coutinho, todos vendidos por preço de banana ou seja, não foram valorizados pelo clube que mais uma vez vende as suas jovens revelações por qualquer dinheiro trocado que aparece sendo oferecido. Acredito que o senhor Tôrico Miranda não tem moral e não deve falar nada sobre as vendas desses 7 jogadores, pois durante a gestão de Tôrico como presidente foram vendidos, Fabiano Eller, Souza, Cadu e Léo Lima também por preços de banana. Principalmente o melhor dos três últimos, que era Cadu que foi fundamental naquela final em 2003 contra o Fluminense.

Estamos cansados de verem jogadores que nem amadureceram ainda como jogadores do Vasco e mal começam a aparecer no mercado nacional, já sendo logo vendidos para o exterior. Enquanto clubes como Cruzeiro, São Paulo e Santos costumam segurar suas revelações por pelo menos 2 anos nos profissionais, para então vender as suas revelações por valores bem maiores do que os oferecidos quando os jogadores começam a aparecer na mídia. A diretoria deveria aprender isso e não usar argumentos que nenhum vascaíno em sã consciência aceita mais: O clube precisa vender jogadores porque está endividado, devido a herança da gestão de Tôrico.

Ah nos poupe, senhor Dinamite! Todos os clubes brasileiros, a exceção do cruzeiro que é o único clube no Brasil que está com suas contas no azul, estão endividados e não são dívidas baixas. O próprio jornal Lance já divulgou uma matéria sobre este tema. Afinal, a preocupação no momento, não devem ser as dívidas que o clube tem e sim a arrecadação de renda que o clube possui, além do que deveremos fazer para aumentar a arrecadação de renda da instituição. Por este motivo, acho que o clube deve começar a mudar de postura em relação a negociação dos nossos jovens valores e assim como Dedé, que ganhou o prêmio de melhor zagueiro do Brasil durante 2010 possa permanecer durante alguns anos no clube e ajudar a formar um time que venha a ser campeão de vários campeonatos importantes e nos ajude a resgatar a imagem do clube que tínhamos no final dos anos 90 e início dos anos 2000, a imagem em que a própria Globo em transmissões de jogos falava: O poderoso Vasco da Gama.

Queremos ouvir novamente narradores da Globo e de outras emissoras, denominarem assim o nosso Vasco e sermos uma nação feliz novamente após tanto sofrimento e humilhações causadas por rivais que tem a situação financeira tão crítica quanto a nossa e dívidas tão astronômicas quanto a nossa. Espero que a atual administração perceba isso a tempo e conserte os erros já cometidos, pois não há erro que não possa ser corrigido ou compensado de um jeito ou de outro.

Saudações Vascaínas!

Abraços e não esqueçam de comentar.

Marcio Cesar
E-mail: marciodreux@bol.com.br

4 comentários:

  1. A questão da demora da regularização do Elton se dá porque ele quando voltou ao Brasil não assinou a recisão com o Porto.
    Aí eles tiveram que mandar a recisão pelo correio, que chegou semana passada. Aí o Elton assinou e o Vasco mandou novamente para Portugal.
    Agora tem que esperar o documento chegar lá, pro Porto registrar a rescisão lá, para aí sim ele ter condições de jogo aqui no Vasco.

    Quanto ao Dedé...
    Sem comentários...
    Essas diretorias só fazer m....

    Abs e Saudações Vascaínas!

    ResponderExcluir
  2. Só queria lembrar que foi o "Tôrico" quem negociou o P.Coutinho... e falta na lista do Dinamite, o Alex Teixeira.

    ResponderExcluir
  3. Eu sei q o Coutinho foi o Torico, mas mesmo assim o Roberto teve de negociar outros pontos com a Inter de Milão. E o Alex Teixeira, realmente esqueci dele vou ajeitar lá

    Abraços

    ResponderExcluir
  4. There is shocking news in the sports betting world.

    It's been said that any bettor must watch this,

    Watch this now or stop placing bets on sports...

    Sports Cash System - Advanced Sports Betting Software.

    ResponderExcluir