25 julho 2011

Merecimento x Competência


Nação Vascaína,

Após o final da 11a rodada o nosso Vascão está em quarto lugar,8 pontos atrás do Corinthians (1º colocado), e 02 pontos atrás do São Paulo (2º colocado).

A vitória sobre o Atlético-MG por 2 a 1 não veio fácil. Somente conseguimos os 03 pontos aos 46 minutos do 2º tempo, após penalidade bem cobrada por Diego Souza (que por sinal precisa ensinar o Alecsandro a cobrar penalidades). O campeonato está equilibrado, qualquer perda de pontos faz uma reviravolta na tabela. Por exemplo, se tivéssemos empatados ontem, teríamos terminado a rodada em 8º lugar. atrás de Palmeiras, Internacional e Cruzeiro.

E é nesse ponto que quero tocar... Até que ponto o merecimento e a competência andam de mãos dadas?

Muitos podem dizer que o merecimento e a competência são intimamente ligados, enquanto outros podem dizer que sequer estão atrelados.

Vejamos um exemplo: Um funcionário consegue uma promoção numa empresa para se tornar gerente do departamento no qual atua. Nesse caso, tal merecimento somente se deu diante da competência demonstrada pelo funcionário nos seus afazeres, razão pela qual mereceu a promoção dada pelos seus superiores hierárquicos.

Mas essa regra se aplica no futebol??

Quantas vezes assistimos uma partida onde uma equipe possui o amplo domínio do jogo, maior posse de bola, acerto nos passes, mas por falta de competência não consegue alcançar a vitória???
A equipe mereceu vencer? Claro que sim! Venceu? Não? E por quê? Porque embora tivesse tido o maior domínio, não teve a competência de colocar a bola na rede, ou seja, não fez gol.

E o que me preocupa muito no Vasco é a falta de competência da equipe na principal função: fazer gols!
Parreira uma vez disse que o gol é um mero detalhe. Discordo totalmente. O gol é justamente o resultado de um bom trabalho efetuado por uma equipe. Do que adiante uma equipe que entra em campo, domina o jogo, mas perde ou empata sempre justamente por falta de competência em marcar gols?

Diferentemente de "alguns colunistas" que dizem que aquele que chama o time de covarde é um "profeta do apocalipse", eu critico justamente porque eu tenho a convicção de que este atual elenco PODE MUITO MAIS! Nenhum jogo é fácil, o Vasco não é um time imbatível, todos nós sabemos disso. Mas também sabemos que o Vasco pode apresentar um futebol muito mais consistente do que vem apresentando.

Contra o Grêmio, tínhamos o merecimento da Vitória? Todos sabemos que sim. E não vencemos por que? Por falta de competência de administrar o resultado fora de casa.
Contra o Figueirense passamos pela mesma situação. Merecíamos, mas não levamos os 03 pontos por falta de competência de matar o jogo ou de administrar a vitória, levando um gol praticamente no final da partida.

E contra o Galo?
Os primeiros 10 minutos da partida o time apresentou-se totalmente apático, errando passes com frequência, mas conseguimos equilibrar a partida e após um belo cruzamento de Julinho (que estreou muito bem, digno de passagem) deixou Diego Souza em boa situação pra subir e colocar a bola pra dentro de cabeça! Vasco 1x0.

Após o primeiro gol, o Vasco volta a cair na partida, preocupando-se muito mais em se defender do que atacar. E a falta de ousadia do time deu no que deu. Magno Alves recebe uma bola açucarada (entre Anderson Martins e Marcio Careca) e fica frente a frente com Fernando Prass. Era o empate do jogo.

Somente no início do 2º tempo que a equipe voltou com uma postura mais ofensiva, pressionando o time atleticano no seu campo defensivo, mas pecando justamente na falta de competência em colocar a bola dentro do gol.

Rômulo chegou a marcar após uma bela cabeçada, mas o juiz não validou o gol alegando que a bola não ultrapassou totalmente a linha (visão equivocada na minha opinião).

Seguíamos com merecimento de vitória, mas o time pecava na falta de competência nas finalizações. Chegamos até a bater uma penalidade (que na minha opinião não existiu) mas Alecsandro bateu no meio do gol e o goleiro Giovanni esticou o pé e conseguiu defender. Merecimento x Competência.

Até que no final do jogo, quando praticamente todos acreditavam que a partida terminaria empatada, Marcio Careca consegue um belo passe para Bernardo (única coisa decente que o Marcio Careca conseguiu fazer na partida), e o Vasco sofre nova penalidade (esta sim foi bem marcada). Dessa vez o experiente Diego Souza (já que Alecsandro havia sido substituído para a entrada de Élton) assume a responsabilidade e coloca a bola pra dentro do gol.

Vitória suada, sofrida, com o merecimento da equipe na vitória, e graças a competência de Diego Souza em colocar a bola pra dentro.

Considerações importantes:
1) Bela partida de Julinho, mas continuo achando que ele tem que ser lateral esquerdo, no lugar do fraco Marcio Careca).

2) R.Gomes precisa cobrar mais do setor ofensivo nas finalizações.

3) Fágner precisa recuperar urgentemente o bom futebol que ele sempre apresentou.

4) Eduardo Costa não está em posição alguma de querer dar xiliques! Não jogou muito bem, foi substituído, ainda saiu resmungando e sequer no banco de reservas quis ficar para assistir o restante da partida.

5) Quinta feira vamos enfrantar o Bahia em casa, oportunidade boa para levarmos 03 pontos e subirmos mais na tabela. Jobson, Fahel e C.Alberto não vão jogar, o que prejudicará mais ainda a equipe de Renê Simões. Vamos lotar São Januário!

Um forte abraço para todos, e até a próxima semana.

Flávio Frotte

twitter: @flaviofrotte
e-mail: ffrotte@gmail.com

4 comentários:

  1. O time jogou muito bem coletivamente, tanto no primeiro quanto no segundo tempo. Foi compacto na marcação a maior parte do jogo e além disso foi muito bem na marcação do meio campo. No segundo tempo o time atacou mais e foi mais time. O que me surpreendeu foi que Marcio Careca fez uma boa partida, principalmente no segundo tempo. Julinho foi muito bem e mostrou porque falo que é um dos melhores laterais do país no momento. É um jogador que deve ser titular na lateral e não no meio campo. pois cruza a bola com muita facilidade na área e nossos laterais não tem essa característica.
    Quanto ao inútil do Alecsandro nada a declarar, apenas dizer que esse lixo deveria tentar aprender a bater pênaltis com Diego Souza pois já é o terceiro pênalti mal batido por ele, só que dessa vez a bola bateu no goleiro. Não aturo mais essa coisa como titular.

    Abraço

    ResponderExcluir
  2. BRILHANTE! ONDE EU ASSINO?

    ResponderExcluir
  3. Leônidas Camaro - ES26 de julho de 2011 00:37

    muito boa a sua coluna Flávio. Bastante interessante esse ponto de vista entre a competência e o merecimento. Vamos torcer pro nosso técnico realmente treinar os atacantes. abs

    ResponderExcluir
  4. There is shocking news in the sports betting world.

    It's been said that every bettor must watch this,

    Watch this now or stop betting on sports...

    Sports Cash System - Automated Sports Betting Software.

    ResponderExcluir