12 fevereiro 2012

Una noite para ser esquecida


A estréia na Libertadores não foi como imaginávamos, o adversário podia ser complicado mas todos tinham certeza que poderíamos vencer. Mas, naquela noite de 8 de fevereiro deu tudo errado e nesses dias não é um jogador que erra mas sim o grupo inteiro. Foram poucos os que conseguiram fazer uma partida razoável contra o Nacional do Uruguai.

Porem muitos não sabem mas os problemas começaram antes da partida. A entrada dos torcedores deveria ter sido liberada às 19 horas. Porem por vários motivos só permitiam que entrássemos em São Januário 40 minutos depois. Quando foram perguntados o motivo da demora os fiscais disseram que a policia não havia chegado ainda e por esse motivo atrasou a abertura dos portões. Porem ao mesmo tempo que isso acontecia um caminhão pipa estava estacionando levando água para dentro do estádio.

Até ai tudo bem quando finalmente consegui entrar no estádio surpresa: Parte das sociais estava reservada para os convidados das empresas que patrocinam a competição. Até ai tudo bem sem problemas. Porem o tempo passou , a social ficou superlotada e os torcedores foram obrigados a ver o jogo em pé . Não estou reclamando que esses lugares não deveria ser reservados porem acho que eles erraram na escolha do setor. Porque não colocá-los no melhor lugar do estádio o setor visa que normalmente fica as mocas , assim como estava na Quarta feira.

Mas em relação ao jogo como já havia dito deu tudo errado. Primeiro, acho que o Cristóvão errou ao escalar o Allan, que estava vindo de contusão, no jogo de Domingo contra o Friburgnese e o Vasco acabou pagando muito caro por isso. Segundo, a torcida tem que ter mais paciência com o Max, são raras as vezes que ele é titular, não jogava a mais de um ano e foi vaiado a maior parte do tempo.

Sinceramente, o time pode ser experiente mas estava extremamente nervoso nesse ultimo jogo. Prova disso foram os erros cometidos pelos experientes Juninho e Felipe. Espero que na próxima partida os jogadores consigam apresentar um futebol bem melhor do que esse. Mas essa derrota não foi o fim do mundo. Não é porque perdemos o primeiro jogo que não iremos bem na Libertadores. A situação pode ser diferente , mas em 1998 dos três primeiros jogos perdemos 2 e empatamos o terceiro a diferença é que todos eles foram fora de casa. Dessa forma teremos que ganhar pontos como visitante para nos classificarmos para a próxima fase.

O jogo contra o Nacional provou pelo menos na minha opinião duas coisas: Primeiro Eduardo Costa e Nilton de forma alguma podem jogar juntos não dá , os dois tem o mesmo estilo de jogo e por isso um acaba atrapalhando o outro. Segundo, é não tem como Juninho e Felipe jogarem ao mesmo tempo. Foram poucas as partidas que os estiveram em campo ao mesmo tempo e em todas as elas jogamos mal. O meio de campo acredito que tenha que ser formado por Rômulo, Eduardo Costa, Felipe ou Juninho e Diego Souza que não é atacante nem aqui nem na China.

Fizemos um primeiro tempo extremamente ruim e a poderíamos ter perdido por mais na primeira etapa. Muitos pensaram, bom podemos virar a partida no segundo tempo. Não quando se toma o segundo gol com 1 minuto de segundo tempo.

Dedé havia falhado no primeiro gol, no segundo foi a vez de Rodolfo se equivocar na saída de bola . Viudez cruzou na cabeça de Sánchez para mais um gol Uruguaio.

O time estava mal, era hora de mexer e colocar sangue novo em campo para tentar ao mesmo diminuir o estrago. Na compreensão de todos Cristóvão deveria ter colocado Bernardo e Tenório.

No ano anterior tínhamos enfrentado jogos tão difíceis quanto esse e em boa parte deles o talismã Bernardo entrou e resolveu o problema, mas Cristóvão não deu nem ouvidos aos pedidos da torcida e nesse momento perdeu o jogo.

Tenório entrou muito bem, lutou, tentou, se esforçou o máximo possível foi uma boa estréia do atacante que se continuar assim não irá demorar muito para conseguir uma vaga no time titular.

Precisávamos ao menos diminuir o placar para trazer a torcida para o nosso lado de novo. Aos 28 o Caldeirão explodiu novamente. Diego Souza começou a jogada, rapidamente a bola parou nos pés de Juninho Pernambucano que com um cruzamento rasteiro encontrou Alecssandro, o atacante que sempre aparece no momento que o Vasco mais precisa, com um leve toque ele desviou para dentro do gol.

Fizemos de tudo para empatar, mas não deu. Pelo menos a torcida não vaiou o time durante o jogo deixou para vaiar no final o que é o certo.

Não é porque o Cristóvão errou uma vez que ele é burro , pensando bem após o jogo ele admitiu que errou ao não colocar Bernardo em campo.

Em relação a torcida precisaremos ter paciência daqui a alguns meses quem sabe se deus quiser , o comandante oficial do trem bala irá reassumir o comando da equipe. Falta pouco para que Ricardo Gomes volta a treinar o Vasco, isso é se ele quiser e a diretoria também mas ao que parece é isso que irá acontecer. Temos que entender a situação já que certamente ele voltará como treinador. Na ultima entrevista ele disse que mesmo que a diretoria não queira que ele continue ele continuará a torcer pelo Gigante da Colina. Mas como torcedora espero que ele volte e se deus quiser ainda dará muitos títulos ao Cruz- Maltino.

Por hoje é só. A males que vem para o bem, muitos não vão gostar mas essa derrota veio em boa hora, tudo isso acabou fazendo com que a concentração voltasse o que é o melhor a ser feito nesse momento.

Até o próximo domingo.

Elisa de Vicq de Souza Dantas

3 comentários:

  1. Parceria entre blogs
    da uma passada la no meu blog e depois me fala se deseja firmar parceria blz
    http://tacalibertadoresamerica.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Na minha opinião, acho que o Vasco esteve muito afobado, não jogou aquele futebol influente que vinha jogando, parece que o Cristóvão não entende que sem o Éder, temos que ter outro jogar de velocidade na frente, o Barbio vem se apresentando bem, pode até ser ele, mais jogar com Felipe, Juninho, Diego Souza e Alecsandro, não dá! Só jogares pesados, com muita categoria sim, porém pesados! Queria que ele começasse com o Bernardo e deixasse o Felipe no banco, ai o entrava no 2° tempo no lugar no Juninho, ainda estávamos sem o Fágner, né, isso tudo conta. Mais pro próximo jogo do dia 06/03 acho que nós vencemos, o Alianza perdeu as duas partidas que disputou até agora, não mostrou muita coisa, vai ser nossos primeiros 3 pontos na competição!
    Abraço!
    - Pedro Rocha (facebook: http://www.facebook.com/profile.php?id=100002667149200)

    ResponderExcluir
  3. There's shocking news in the sports betting industry.

    It has been said that any bettor must watch this,

    Watch this now or stop betting on sports...

    Sports Cash System - Advanced Sports Betting Software.

    ResponderExcluir