02 fevereiro 2011

Entrevista Exclusiva com Bruno Gallo, ex-meia do Vasco


Por:
Carlos Gregório Júnior (twitter: @CarlosGregJr)

Ele era uma das grandes apostas do Vasco para o futuro, mas uma série de fatores o impediu de brilhar com a camisa do Gigante da Colina. Formado na Escola do Vasco, Bruno Gallo foi destaque em todas as categorias que passou na base cruzmaltina, mas teve o azar de subir para os profissionais no pior ano da história do clube, o ano do rebaixamento para a segunda divisão.

Hoje em Portugal, no Vitória de Setubal, o meia se recupera de uma grave lesão no joelho, mas em meio ao longo e cansativo processo de recuperação, arrumou um tempo para bater um papo conosco. Na pequena entrevista abaixo, ele fala um pouco mais sobre a trajetória no Vasco, sobre suas perspectivas para o futuro e deixa uma mensagem para a imensa torcida vascaína, que segundo ele arrepia.

Entrevista com Bruno Gallo:

Conte sobre sua trajetória no Vasco até chegar à equipe profissional.

Entrei no Vasco com 13 anos, no Mirim, onde fomos Campeão Estadual. No infantil, fomos Bicampeão da Copa Gazetinha e Vice no Carioca. No primeiro ano do juvenil, com 16 anos, assinei o primeiro contrato com o profissional. Fui promovido à equipe profissional, pelo técnico Alfredo Sampaio, aos 19 anos. Agradeço muito ao Vasco pela pessoa que sou hoje, não apenas joguei, como também fui formado na escola do Vasco.

[02_20080813_brunogallo_alexteixeira.jpg]
Bruno Gallo em ação contra o Palmeiras em 2008

Muitos torcedores vascaínos ainda possuem dúvidas em relação ao seu contrato. Você ainda tem algum vínculo com o Vasco?

Não. Quando voltei do empréstimo do Leixoes, em junho de 2010, rescindimos amigavelmente, foi quando acertei com o Vitoria de Setubal.

Como você avalia sua passagem por Portugal até agora?

No primeiro ano foi mais uma fase de adaptação, onde consegui manter uma regularidade durante umas 10 partidas, mas tive duas contusões seguidas. Hoje aqui no Vitoria de Setubal, me sinto mais adaptado ao futebol europeu.

Você subiu para os profissionais no pior ano da história do clube, o ano do rebaixamento. Você acredita que esse fato o prejudicou de alguma maneira? O fato de ter sido aproveitado em muitas oportunidades fora de sua posição também contribuiu?

O fato de o time ter sido rebaixado prejudica, sim, qualquer jogador. Contribuiu, pois queria ter rendido na minha posição, mas quando entrei de lateral esquerdo fiz de tudo para tentar ajudar o time.

Ainda falando sobre sua passagem pelo Vasco, quais fatores foram determinantes para o seu insucesso na equipe profissional? Falo isso porque tenho conhecimento de que você sempre foi apontado na base como um jovem de grande futuro, sendo inclusive capitão de algumas categorias pelo qual passou. E também o que foi determinante para sua saída?

Acredito ter sido falta de seqüência de jogos. Falta de oportunidade, pois queria estar jogando.

Bruno Gallo em treinamento com o time de 2009

Quais os seus objetivos para o futuro? Pensas em retornar ao Vasco um dia?

Todos querem um dia chegar a seleção e o meu objetivo não é diferente. Penso sim, e fazer o que fiz na base.

Como anda sua recuperação? Quando voltarás aos gramados e quem mais tem te apoiado nesse período?

Hoje faz um pouco mais de um mês que fui operado, e minha recuperação tem sido ótima, graças a Deus. Venho fazendo trabalho de fisioterapia, musculação e piscina. Daqui a uns três meses e meio estarei voltando aos gramados. Minha família e amigos, são os que estão sempre ao meu lado.


Dois contemporâneos seus de Vasco, Alan Kardec e Souza, estão jogando atualmente em Portugal. Costuma falar com eles? Mantêm alguma relação de amizades com eles?

Sim, tenho falo sempre com eles, o Souza mora um pouco distante e fica mais difícil de encontrar, mas o Kardec estamos sempre juntos.

Tem algum funcionário no clube ou alguém em especial que você gostaria de deixar uma mensagem especial?

Ao massagista Carlão, que desde a categoria de base sempre me ajudou e apoiou muito, que e uma pessoa que me orgulho muito de ter conhecido, que tem coração de ouro e merece tudo de melhor nessa vida.

Pelo pouco que você viu dos clubes portugueses, eles estão muito a frente do Vasco em termos de estrutura?

Só posso falar pelos clubes que passei, e o Vasco com certeza esta a frente deles.

Que mensagem você deixaria para a torcida vascaína?

Queria parabenizá-la pela festa que sempre faz, pois todas as vezes que entrei em campo me arrepiei.


Um comentário:

  1. There's SHOCKING news in the sports betting world.

    It has been said that any bettor needs to see this,

    Watch this now or quit placing bets on sports...

    Sports Cash System - Automated Sports Betting Software.

    ResponderExcluir