01 fevereiro 2011

Quem sabe faz a hora......


Essa semana vou ser mais direto. O desânimo é grande.

Bater em cachorro morto é fácil. E virou moda agora entre a torcida "bater" no Dinamite.

Todos os tipos de torcedores: sócios, frequentadores de São Januário, vascainos de Maracanã, os de televisão, os neo-vascaínos....está difícil achar alguém defendendo Bob e sua turma de dirigente craques em PLA-NE-JA-MEN-TO.

O engraçado é que foi a mesma que colocou esse grupo lá. Votando ou não, muitos que hoje reclamam foram os primeiros a colocar o peso de salvador da pátria nos ombros do Bob.

O que era esperança em julho de 2008, passou para apoio irrestrito em dezembro de 2008, confiança no inicio de 2009, felicidade no segundo semestre de 2009, esperança renovada no início de 2010, cegueira a partir da derrota para o Botafogo na final da Taça Guanabara de 2010 em diante.....

Eu tinha esperança, mas não caí no papo de PLA-NE-JA-MEN-TO e de FILA DE PATROCINADORES. Em setembro de 2008 a ficha caiu e eu percebi que havia sido enganado.

Mas, caros leitores, agora já era. Favas contadas. Como disse, não vamos mais bater em quem não oferece defesa.

Vamos ajudar de alguma forma nosso ídolo dos gramados e vilão dos gabinetes, Roberto Dinamite, a melhorar sua gestão, mesmo que ela já esteja com os dias contados.

Aqui vão minhas sugestões. Espero que os demais vascaínos também opinem como podemos evitar estragos maiores em nossa Nau.

1) Ir aos jogos. Apoiar de forma irrestrita a CAMISA do Vasco durante os 90 minutos. Jogadores passam, presidentes entram e saem. O Vasco fica, eternamente.

2) Pagar nossas mensalidades. Nos associarmos. Não é possível uma inadimplência de mais de 80% no programa de sócios.

3) Nao abaixar a cabeça, não deixar que a mais linda HISTÒRIA de um clube seja esquecida. O Vasco veio de baixo, ao contrário de outras equipes do Rio. Nunca contamos com a simpatia dos poderes reguladores do futebol, seja mídia, federações e tribunais.

São pequenas coisas. Existem outras formas de ajudar. Vamos arregaçar as mangas. O Vasco não é de Carlos Alberto, Bob ou Eurico. O Vasco é nosso.

Não há mal que dure para sempre. Nossa hora irá chegar, mais cedo ou mais tarde.

Saudações vascaínas.

Luis Fernando Horta

2 comentários:

  1. Companheiro colunista, entendo o que vc quer dizer com relação a defender o Dinamite e digo que sua administração tem sim, alguns êxitos. O fato de ter conseguido patrocinadores para o Vasco, coisa que não tínhamos há algum tempo, afinal MRV não foi patrocínio de nada para o Vasco. O fato de ter trazido bons profissionais como Fábio Ferreira para o marketing e Rodrigo Caetano para gerência de futebol. O que se cobra do Dinamite é uma postura mais firme, como homem e como presidente. Se cobra que sua administração não seja de omissão como vem ocorrendo em casos de arbitragem e federações. Se cobra uma boa equipe de advogados, pois basta procurar que irá achar bons profissionais. Se o Dinamite souber melhorar isto, duvido muito que ele não seja um candidato forte a reeleição.
    Com relação ao novo técnico, não concordo com o nome de Ricardo Gomes, mas quem decide são eles. Se for anunciado, caberá a nós apoiar e dar força para que o Vasco possa ter o mínimo de apoio para sair dessa situação.
    Concordo com vc no sentido de união, como já disse em uma coluna minha, o Vasco precisa se unir e não ficar nessa guerra política entre Dinamite e Tôrico Miranda. O Vasco é maior que todos eles juntos.

    Saudações Vascaínas, abraços

    ResponderExcluir
  2. There's SHOCKING news in the sports betting world.

    It's been said that any bettor needs to look at this,

    Watch this now or quit betting on sports...

    Sports Cash System - Robotic Sports Betting Software.

    ResponderExcluir