04 março 2011

Exclusivo: Entrevista com o camisa 11 Jéferson

http://www.supervasco.com/fotos/FOT20110207081936.jpg

Por: Luana Saud (@LuanaSaud) e Carlos Gregório Júnior (@CarlosGregJr)

Ele hoje é um dos maiores destaques do Vasco e um dos mais queridos da torcida, mas se engana quem pensa que o nosso entrevistado de hoje sempre gozou desse prestígio. No inicio tudo ia bem, mas um fato judicial e uma série de lesões o atrapalharam.

Mostrando ser forte e determinado, ele não se abalou e aproveitou a chance no início dessa temporada para convencer a todos que pode ser peça importante no elenco cruzmaltino na temporada de 2011.

Já sabem de quem estamos falando? Se a resposta for Jéferson, ela está mais do que correta. Em entrevista exclusiva para o Blog O Sentimento Não Para, o camisa 11 fala sobre sua fase, seus melhores momentos no clube, elogiou Diego Souza, disse que quer jogar com Juninho Pernambucano e revela que tem o desejo de renovar contrato com o Vasco.

Confira abaixo a entrevista com o jogador:

Você chegou ao Vasco no ano de 2009 como desconhecido, mas, após algumas belas atuações, conquistou o respeito do torcedor. Aí veio o problema da perda de pontos, uma série de graves lesões e você não conseguiu mais se firmar sob o comando do técnico Dorival Jr. O que mais te prejudicou?

R: O que realmente mais me prejudicou foram as lesões, já curadas graças a Deus.

Você acha que essa questão da perda de pontos dificultou sua relação com a torcida?

R: Infelizmente sim, pois alguns torcedores não entenderam que a culpa não foi minha. Mas depois, com bons jogos, isso foi se apagando aos poucos.

Quais foram as suas melhores e piores partidas com a camisa do Vasco?

R: A pior foi na semifinal da Copa do Brasil contra o Corinthians, pois foi numa época em que eu sofria muito com as lesões. A melhor foi contra o Flamengo na qual eu fiz o segundo gol na nossa vitória de 2 a 0. A lembrança desse jogo que me deu tanta força para querer retornar e dar a volta por cima.

Quando você soube que seria emprestado para o Avaí no ano passado, o que sentiu? Pensou que seria o fim de sua trajetória no Vasco?

R: Embora quisesse continuar no Vasco, vi que era uma boa oportunidade de recuperar meu espaço no cenário do futebol. Eu teria a sequência de jogos para acabar de vez com as lesões. Nunca pensei que seria o fim da minha trajetória no Vasco, porque na minha carreira nunca saí por baixo de time nenhum. A cada gol que fazia no Avaí, já pensava em meu retorno. Queria muito dar a volta por cima.

Como é o ambiente no Vasco, o dia-a-dia no clube? Aproveitando, nos fale quem é o seu melhor amigo no Gigante da Colina.

R: Hoje o ambiente para mim é muito bom. Todos acompanharam meu sofrimento na época das lesões e agora todos vibram pela minha volta sem problemas. Após cada treino, aqueles que me acompanham no dia a dia se dizem muito felizes. Entre o time o ambiente também é excelente. Eu me dou muito bem com todos e fica difícil escolher um melhor amigo. Mas sou muito colado no Élton e o Cesinha, até porque jogamos juntos desde 2007.

Ao longo de sua trajetória no Vasco, qual o jogador adversário que mais te deu trabalho? Com qual companheiro de equipe você se deu melhor dentro de campo?

R: Prefiro não destacar ninguém em especial, todo adversário dá trabalho. E dentro da equipe é tudo questão de treino e conversa.

Como você avalia a estrutura oferecida pelo clube hoje? O que vem achando dessas reformas que estão sendo feitas?

R: Não somente eu, mas os outros jogadores estão muito contentes com os investimentos. O novo vestiário impressiona!

Você vem sendo um dos destaques da equipe nesse início de temporada. Como você vê a chegada de novos jogadores, como o Diego Souza? O que acha do Juninho Pernambucano? Torce também pela chegada dele?

R: Fico feliz com a chegada de qualquer jogador que venha para nos ajudar a ter um time com condições de ser campeão. O Diego é um jogador experiente que vai reforçar bem o time. Quanto ao Juninho, se trata de um ídolo da torcida do Vasco, assim como o Felipe sempre foi meu ídolo. Eu teria o mesmo prazer de jogar ao lado dele.

Você tem contrato com o clube até 2012. Pensa em estender esse vínculo?

R: Na verdade, meu contrato é até 2011. Estou muito entusiasmado por uma renovação, já que agora estou sem nenhum tipo de problema e, a cada dia que passa, me sinto honrado em poder vestir essa camisa.

Acha que o Vasco hoje tem elenco para fazer um bom Campeonato Brasileiro?

R: As coisas começaram a se acertar e novas contratações acontecendo. Tenho certeza de que o Ricardo Gomes vai exigir um grupo competitivo.

Deixe uma mensagem para a torcida vascaína.

R: Estamos trabalhando bastante para sermos campeões. É o mínimo que podemos fazer para retribuir esse carinho da torcida.

Agradecimento especial ao amigo Rodrigo Siqueira pela ajuda na entrevista.

4 comentários:

  1. Craque!! vasco tem que renovar por mais 5 anos com ele joga muito ele e diego souza vai ficar sinistro meu vascão!!AAH ÉÉ DINAMITE!!

    @JVCRVG

    ResponderExcluir
  2. Que impasse "terrível" temos agora no nosso meio de campo ein!?!?
    Diego Souza, Felipe, Jefferson, Leandro Chaparro(dizem que joga muito) estão na disputa por duas vagas! Vai sair faisca! Quem entrar em campo, vai ter que dar tudo pra conseguir se firmar no time! Bom pro Vasco! hehe
    TREM BALA DA COLINA, PRÓXIMA PARADA: CAMPEÃO DA TAÇA RIO!

    ResponderExcluir
  3. There is shocking news in the sports betting world.

    It has been said that every bettor must watch this,

    Watch this or stop placing bets on sports...

    Sports Cash System - Robotic Sports Betting Software.

    ResponderExcluir