07 fevereiro 2011

Entrevista com Jayme Lisboa, possível candidato à presidência do nosso Vascão


Nação Vascaína,

Embora hoje fosse um dia bom para falar sobre a primeira vitória do nosso Vascão, decidi reproduzir esta entrevista realizada pelo Carlos Gregório Junior , com o Sr. Jayme Lisboa, possível candidato a presidência do nosso amado Vascão.

Achei conveniente reproduzir esta entrevista em virtude da proximidade das eleições. Ninguém aqui está pensando na volta do Sr. Eurico Miranda, e muitos não olham com bons olhos uma possível reeleição do Dinamite.

Antes que vocês façam a leitura desta entrevista, quero deixar claro que não estou aqui solicitando / fazendo campanha para ninguém. Todos tem o pleno direito de discordar dos pensamentos do Sr. Jayme, mas peço que, caso o façam, que seja com respeito. Ultimamente alguns post's no blog tem sido bastante agressivos, inclusive com os colunistas, que tem o maior carinho de sentar em frente ao computador e pensar em uma coluna que vá de acordo com o pensamento da maioria dos Vascaínos.

A candidatura do Sr. Jayme não está confirmada, mas tudo indica que ele possa vir como candidato nestas eleições.

Confesso que não conheço muito a história do Sr. Jayme, mas pesquisei um pouco sobre ele, e tive ótimas referências.

Estou postando esta coluna especialmente em virtude dela ser uma 3a via, sem estar comprometida com a gestão E.Miranda ( que vem publicamente dizendo apoiar o Sr. F.Horta, bem como este também não negue que venha a ser apoiado), nem com a gestão do R.Dinamite (que vem sendo bastante criticada), ou com o Sr. Coelho (que também não possui o agrado de muitos vascaínos).

Sendo assim, deixei acertado com o colunista Marcio Cesar que ele falaria sobre o jogo, enquanto eu colocaria esta entrevista aqui no blog.

Achei bastante interessante o ponto de vista dele...

__________________________________________________________________

1- Qual o motivo da possível candidatura?

R.: O motivo é simples quero colocar o nosso Vasco no lugar que ele merece estar e onde meus antepassados deixaram, e mais, que seja um Vasco respeitado, competente, claro e não sendo um mero participante e sim um ganhador.

2- De forma breve e simples, como você avalia a atual situação do Vasco?

R.: Muito delicada, eu falei há três semanas quando participei do programa Só dá Vasco convidado pelo meus amigos e grandes vascaínos Márcio Santos e José Fernando que o nosso Vasco ia participar em 2011 da mesma forma que 2010, a manutenção do mesmo técnico, a lentidão do Felipe, a individualidade do Carlos Alberto que eram as esperanças para 2011 não me convenciam e foi o que aconteceu três derrotas (Nota do SUPERVASCO: A entrevisa foi feita após o jogo Boavista 3x1 Vasco) e uma crise que podia ser evitada se tivesse sido feito as mudanças no momento certo.

3- Como você avalia (de forma detalhada) a atual gestão Roberto Dinamite e a anterior, do Sr. Eurico Miranda?

R.: A Administração do ex-Presidente Eurico Miranda deixou o nosso Vasco com uma divida monstruosa, com patrocínios aquém da altura do nosso Vasco e ele dizia que só fazia contrato de patrocínio se fosse da altura do nosso Vasco, mas não foi o que aconteceu, centenas de processos e na verdade uma administração domestica, haja visto os empréstimos do José Luiz Moreira e do Romário, etc. A atual Administração apesar de pegar o nosso Vasco com muitos problemas, e na verdade eles sabiam porque toda a nação vascaína sabia, não soube ou não tinham uma plano emergencial para o primeiro momento e foi o que se viu, e aconteceram inúmeros erros de gestão e melhorou um pouco, mas precisa melhorar muito mais e não é pouco na parte administrativa, fazer as coisas acontecerem e colocar o nosso Vasco no lugar que ele nunca devia ter saído.

4- A torcida Vascaína tem cobrado da atual diretoria um reforço de peso. Pelo que você tem de conhecimento, o clube hoje tem condições de repatriar um jogador dessa categoria

R.:Lógico que não é fácil, mas o nosso Vasco tem que voltar a ganhar títulos e com isso tudo fica mais fácil, haja visto o que ocorre com os clubes co-irmãos. A marca Vasco da Gama era muito forte, mas perdeu sua força no futebol brasileiro por conta da incompetência de Gestões anteriores, e da falta de títulos, mas tem tudo para reconquistar o espaço perdido com uma boa Administração e com títulos.

5-Algum reforço em vista para o Vasco?

R.: No momento acho que quem prometer reforços para o Vasco visando as próximas Eleições, irá estar cometendo uma espécie de estelionato eleitoral, e acho que chega de promessas e o Vascaíno não pode se deixar enganar. Se eu realmente assumir o nosso Vasco, temos que colocar os pés no chão, saber de forma rápida da realidade do nosso Clube (Receitas, Despesas e Dívidas) tocar o nosso Vasco da melhor maneira possível e procurar investir o máximo possível em uma equipe forte e competitiva, que seja muito bem treinada e possa fazer o Vasco voltar a ganhar títulos e fazer a nossa imensa torcida bem feliz, que é carro chefe de um clube de massa como o nosso Vasco e que vai nos faz crescer em muito nosssas receitas e os quase 20 Milhões de apaixonados.

6- Quais as maiores propostas do Jayme para o Vasco? O que você fará para melhorar a estrutura do clube? Para aumentar a visibilidade do Vasco na mídia? Para recolocar o clube no caminho dos títulos? Enfim, como o Jayme agirá caso vença as eleições?

R.: Primeiramente o nosso Plano de administração do Vasco terá como objetivos, metas e prazos serão divulgados no mesmo momento em que anunciar de forma oficial a minha candidatura. Mas posso antecipar, que se ganhasse a eleição, a nossa primeira medida seria uma auditoria (e daríamos publicidade para que todos os vascaínos pudessem saber a realidade do nosso clube) para saber efetivamente como se encontra a vida administrativa e financeira do nosso Vasco, um plano emergencial para fazer uma administração reta, ágil, evidente, clara e respeitada. Um trabalho de marketing sério com um grande profissional atuando efetivamente nos negócios e à frente das ações para captação de recursos para o desenvolvimento do nosso Vasco numa investida para grandes contratações, o que eu e os Vascaínos sonhamos. Uma atuação firme de proteção e engradecimento do nosso Vasco junto a mídia de um modo geral. E como eu conheci o nosso Vasco, sobretudo com uma Administração eficiente, firme, com os pés no chão e sendo ao mesmo tempo ousado, e mostrando aos Vascaínos da melhor maneira possível o que a Administração faz e quer fazer para não ficar duvidas, e gerar insinuações a respeito de nenhum dos Dirigentes.

7- Como você avalia os outros candidatos: Dinamite, Horta, Cruzada Vascaína e Coelho. Existe alguma possibilidade do Senhor se unir a algum deles?

R.: A política de um Clube como o Vasco tende a ser dinâmica, mas a principio não vejo motivo para me unir a algum candidato, o Roberto é candidato a reeleição um direito que lhe cabe, o Horta candidato do ex-Presidente Eurico Miranda (e ambos já perderam uma eleição, além de que são co-responsáveis pelos os erros administrativo-financeiro-esportivo que o Vasco enfrenta na atualidade) são mínimas as chances de o mesmo se eleger Presidente do nosso Vasco. Já a Cruzada Vascaína é um grupo jovem que inclsuive participei, mas saí em uma iniciativa própria minha, por divergências de conflitos dos pensamentos de parte da liderança do Grupo, com meus pensamentos e além disso não tem candidato ainda. O José Henrique Coelho está numa posição muito delicada porque já teve um desgaste muito grande com o grupo político do ex-Presidente Eurico Miranda quando era Presidente do MUV e também com a atual Administração de onde ele fazia parte e teve uma fraca atuação, e saiu alegando vários motivos quando deixou a Administração apenas 8 meses depois de ter tomado posse, sem ter tido uma única ação de demonstração de competência e de auxílio para o nosso Vasco. Aproveitando esse momento, tem algumas pessoas no meio político do nosso Vasco que dizem (ou dirão) que eu nunca fiz parte de nenhuma Administração somente do Conselho Deliberativo e Conselho Fiscal, mas volto a repetir, tenho tradição de Vasco e venho de uma família competente e vencedora do nosso Vasco e isso conta muito no que diz respeito a usar experiências já vencedoras e de acertos, para evitar que equívocos sejam cometidos, fora que tenho bem a noção do que representa (em termos de desgaste e renúncias de vida pessoal) ser Presidente do Vasco. E os outros candidatos qual cargos Administrativos já ocuparam? Quais foram os resultados dessas atuações a favor do Vasco? Qual tradição tem de Vasco ? O que de forma concreta já fizeram de útil pelo nosso Clube? Quem são seus aliados? É isso que o Vascaíno tem pensar bem (e muito) antes de se decidir, nas Eleições!

8- A filosofia do Jayme é mais parecida com a atual gestão do Dinamite ou com a antiga gestão, do Sr. Eurico Miranda?

R.:Nenhuma das duas. Uma foi incompetente e domestica, que é foi a do ex-Presidente Eurico Miranda e a do atual Presidente Roberto deixa a desejar por falta de vontade política e de um maior comprometimento de alguns dos seus Dirigentes e perder o pleno comando em algumas ações (ou lentidões).

9- Como você avalia hoje o atual elenco do Vasco e as categorias de base?

R.: Vejo o elenco do nosso Vasco, embora um dos melhores dos últimos 10 anos até mesmo com a grave crise financeira que o clube se encontra como mediano e infelizmente parece que vai participar dos Campeonatos, mas não vejo qualidade ainda para ser Campeão e espero estar enganado..

Já nas categorias de base, se eu for candidato e se eleito Presidente do nosso Vasco vai ser o PRINCIPAL investimento da minha administração, primeiro o nosso Vasco precisa URGENTE de um CT e aí fazer um trabalho SERIO de base é sem sombra de duvida a maneira mais barata de fazer futuros ídolos para o nosso Vasco e os Vascaínos devem saber que os clubes que hoje tem um CT são os que revelam os melhores meninos no Brasil sem duvida.

10- Assim que ocorre uma mudança na gestão, muitos funcionários ficam preocupados com uma possível demissão. O que você falaria para essas pessoas?

R.:Temos que fazer um levantamento do quadro de funcionários e uma analise criteriosa de cada departamento do nosso Vasco para aí sim fazer uma mudança, remanejamento ou uma equação a respeito de todos os funcionários, mas nunca pensando em demissões , onde cada caso será analisado e avaliado de maneira individual da melhor maneira o para o nosso Vasco sem desamparar nenhum funcionário e suas respectivas famílias.

11- Por fim, deixe uma mensagem para a torcida vascaína.

R.: Se candidato for e se eleito for, toda a família de Vascaínos pode ter certeza que a Administração será reta, evidente, clara e pensando grande do tamanho do nosso Vasco e colocando o nosso Vasco ACIMA de TUDO e de TODOS e respeitando tudo e a todos para colocar o nosso Vasco no caminho de VITORIAS e GLORIAS, assim como meus antepassados colocaram o nosso GRANDIOSO CLUBE de REGATAS VASCO da GAMA.

Também podem ter a certeza de que não irei para o Vasco para me servir, uma vez que nem preciso já que sou totalmente realizado no campo financeiro, profissional e familiar, e também sob esse ponto de vista creio que ser A MELHOR OPÇÃO para o Vasco voltar onde jamais deveria ter saído, ou seja, como UM DOS MELHORES CLUBES DO BRASIL E DO MUNDO.

E não só no Futebol, mas com apoios externos no Remo (inclusive em 2009 doei ao Remo do nosso Vasco, um barco que tem o nome do meu saudoso pai) e em todos os demais Esportes Olímpicos (em especial, os Estatutários).

E esse é o meu principal COMPROMISSO com o Vascaíno, sanear e reorganizar o Clube e torná-lo de novo uma POTÊNCIA e um EXEMPLO A SER SEGUIDO não só no Rio de Janeiro, como também no Brasil para que possamos finalmente conquistar o MUNDO!

Quem é?

Prezados amigos Vascaínos, é com orgulho que posso dizer que tenho 5 gerações no nosso Vasco começando pelo meu saudoso Avô Eurico Rodrigues Lisboa que ajudou financeiramente na construção do belo Estádio de São Januário, em 1958 por sinal o ano de ouro do futebol Brasileiro pela primeira vez o Brasil Campeão do mundo com a zaga formada pelo capitão Bellini e Orlando e o chamado leão da copa Vavá que faziam parte do time do nosso Vasco Super-Super Campeão Carioca de futebol, foi Campeão da Taça Eficiência, Campeão da Líder , Campeão do Rio São Paulo e o nosso Vasco foi Campeão de Remo como diz a tradição VASCO CAMPEÃO de TERRA e MAR, um orgulho para todos vascaínos e para mim em especial, para meu saudoso tio e Presidente Eurico da Costa Lisboa e para meu saudoso pai Jayme Soares Alves, na ocasião Vice Presidente de Futebol, alem de ter ocupado outras Vice Presidências.

E ainda no que diz respeito às tradições familiares no nosso amado Vasco, ainda tem o meu saudoso Tio Edvaldo da Costa Lisboa que também ocupou várias Vice Presidências com grande sucesso, e na que mais atuou foi na Gestão do Presidente José da Silva Rocha (que também fazia parte da minha família) e essa tradição familiar que sempre primou pelo compromisso com o Clube, é um dos principais motivos pelos quais, eu nunca posso deixar de mencionar os meus antepassados e aí tiro como exemplo para o meu futuro dentro do nosso Vasco numa eventual candidatura a Presidência do do nosso Clube, um Vasco administrado com eficiência, claro, vencedor, sem promessas mirabolantes, coisas feitas sem duvidas ,atitudes corretas e duras que algumas vezes se faz necessário, o Vasco respeitado por todos em qualquer esfera e colocando o nosso Vasco sempre ACIMA de TUDO e de TODOS liderando os movimentos dos clubes cariocas e brasileiros, e principalmente sempre servindo ao nosso Vasco e não servindo- se do nosso Vasco para benefícios pessoais no presente ou trampolins futuros..

E sempre servindo ao nosso Vasco,e que todas as ações dos meus antepassados sempre foram com intuito de colaborar e se dar e sem jamais haver quaisquer suspeições sobre as atuações e mandatos dos mesmos, e é o caminho que pretendo seguir dentro do nosso Vasco, honrando sobretudo a História e Tradição da minha Família

Como sou um Democrata nato e respeitador das autoridades constituídas e jamais trabalharei para prejudicar Gestão alguma e nem em sonho torceria contra o Vasco para me beneficiar,e eu tive que me afastar da política do nosso Vasco por um único motivo, por ser contra o CONTINUÍSMO a qualquer preço.

Eu fui por 15 anos do Conselheiro Deliberativo (5 períodos) e fui eleito para o Conselho Fiscal no período de 1994/1997 como representante do Conselho Fiscal pela oposição e diga de passagens tive mais votos do que um dos membros da chapa da situação que foi uma vitoria em termos pessoais, mas em 1997 como disse me afastei, e abaixo exporei os motivos.

Bem, o nosso Vasco nesses últimos 40 anos (excluindo o Período do Roberto Dinamite) só teve 4 Presidentes, e se for fazer uma media foram 10 anos para cada um, foram 10 anos do Aghartino da Silva Gomes, 3 anos do Alberto Pires Ribeiro 18 anos de Antonio Soares Calçada e 8 anos Eurico Ângelo de Oliveira Miranda, e nesses 40 anos não apareceu uma nova liderança, sendo sempre os mesmos mandando na Administração do nosso Vasco.

Quando voltei em 2006 eram as mesmas pessoas e tive alguns encontros com o ex-Presidente Eurico Miranda e conversamos sobre vários assuntos sobre relativos ao passado e ao presente, e achei que ele era no primeiro momento a pessoa mais indicada para a reeleição em 2006 e ele me disse que conversando um dia com o meu amigo e grande vascaíno Luso Soares da Costa quando de uma visita que o Luso tinha feito a ele que entregaria o nosso Vasco a ele e ele não aceitou evidente que ele não lhe entregaria inclusive não poderia à luz do Estatuto, e então eu lhe perguntei ? Porque você não me entrega ? Ele respondeu, você se afastou um tempo do nosso Vasco e acho que você deveria participar com uma Vice Presidência e depois poderia se candidatar a Presidente inclusive você tem direito e é de uma família tradicional do nosso Vasco, e me ofereceu uma Vice Presidência, e eu perguntei: Qual ?

A que você se sentir mais confortável, e eu disse também vou pensar e depois conversamos, e dias depois eu lhe disse que era melhor aguardarmos o desenrolar das eleições, e ele me disse: 'Você acha que eu vou perder a eleição?', eu ponderamente disse: 'Vamos aguardar' e veio a anulação da eleição e eu estava na chapa Azul (Conselheiro nº 72), mas depois quando voltei a participar efetivamente da política do nosso Vasco e constatando diversos erros na Administração do ex-Presidente Eurico Miranda e não foram poucos em diversos setores e achei que o nosso Vasco tinha que mudar e mudou.

Ocorre que, dessa Gestão atual as promessas foram muitas na campanha, mas não mudou como poderia ter mudado e ficou a desejar e vários setores da Administração muitas promessas e pouca ação e nesses quase 3 anos faltou um líder, vontade política e fazer as coisa acontecerem e pensando no nosso Vasco, e eu acho que o nosso Vasco melhorou mas pode melhorar muito mais e tenho pensado na possibilidade de me candidatar a Presidência do nosso Vasco, e a pergunta que muitos fazem: 'Ele nunca participou de nenhuma Administração, como pode querer ser candidato?'

Aí vale lembrar que nenhum dos atuais postulantes a Presidência do nosso Vasco tem alguma historia dentro do Clube, ou tem? Algum deles, tem tradição de Vasco ? Quais os cargos administrativos que participaram no passado? E com que resultados?

O nosso Vasco vem de um regime ditatorial e quando vira um regime democrático parece que as pessoas ficam brincando de política e esquecem que fazer política dentro de um clube da grandeza do nosso Vasco não é brincadeira, e muitos brincam de fazer política e nem sabem o mínimo da historia do nosso Vasco e querem parecer muito importantes, quando na verdade não são e precisam amadurecer e aprender muito sobre o nosso Vasco, antes de pleitear alguma coisa, e que nesse momento mais parece vaidade pessoal da grande maioria deles.

Quer perguntar alguma coisa para o Jayme Lisboa Alves? Então mande um e-mail para solraccjr@hotmail.com

Entrevista realizada por Carlos Gregório Junior.

__________________________________________________

Abs e Saudações Vascaínas!

Flávio Frotté

Twitter: @flaviofrotte

e-mail: ffrotte@gmail.com

9 comentários:

  1. Gostei da entrevista. parece ser um candidato interessante. Ele vai vir mesmo como candidato???

    ResponderExcluir
  2. uma coisa é certa, DINAMITE NUNCA MAIS!!!

    ResponderExcluir
  3. entre todos os candidatos ele parece ser o mais preparado. gostei!

    ResponderExcluir
  4. ele falou uma coisa muito interessante e bastante coerente: O Vasco não possui plano de emergência. O clube precisa ter esse tipo de planejamento para buscar soluções rápidas em momentos críticos.

    ResponderExcluir
  5. Nunca ouvi falar nesse cara, como posso saber se ele é bom mesmo? Sei não, to com meu pé atras. No Vasco só aparece sanguessuga

    ResponderExcluir
  6. Seria uma boa se o Greg fizesse mais uma entrevista com ele, mais detalhada.. Seria possível?

    ResponderExcluir
  7. a livia tocou num ponto importante.
    dá pra ter mais alguma entrevista para conhecermos um pouco mais o candidato?

    ResponderExcluir
  8. Galera, entrei em contato com o Sr. Jayme para saber sobre a possibilidade de uma nova entrevista. Agora estou aguardando a resposta.
    Abs

    ResponderExcluir
  9. O vasco e o vasco tem tradição não pode continuar
    como esta!!!

    ResponderExcluir